Blog

Deus não deixa seus filhos cairem em tentação, confiemos na sua graça

13 FEV 2018

13/FEV/2018 (TER)
Deus não deixa seus filhos cairem em tentação, confiemos na sua graça

“Ninguém, ao ser tentado, deve dizer: ‘É Deus que me está tentando’, pois, Deus não pode ser tentado pelo mal e tampouco Ele tenta a ninguém. Antes, cada qual é tentado por sua própria concupiscência, que o arrasta e seduz. Em seguida, a concupiscência concebe o pecado e dá a luz, e o pecado, uma vez consumado, gera a morte” 
(Tg 1, 12-18).

Essas palavras de São Tiago nos ajudam a entender uma coisa muito importante na vida: não podemos mais sermos ingênuos, imaturos e dizer que é Deus que está nos provando, tentando, e que está nos testando. 

Meu irmão, Deus é o supremo bem e a bondade, e Nele e não há espaço para nada que é do mal. Deus não prova, testa e não coloca ninguém em situações tenebrosas. 

O Senhor não coloca ninguém no abismo entre o bem e o mal.Deus não coloca ninguém para pecar, muito pelo contrário, nós que temos inclinações pecaminosos e a essas chamamos de concupiscência, que é a fraqueza que cada um tem ou as várias fraquezas que, ao longo da vida acumulamos. 

Como, por exemplo, o temperamento, a tendência de comer isso, de beber, e assim por diante. “Ah! Estou bebendo muito, porque Deus está me provando”. 

Não!Você está bebendo muito porque não controlou-se e ficou do jeito que está.O pecado que estamos cometendo nunca é tentação de Deus, porque o Senhor é Aquele que nos previne do tentador e não quer que caiamos em tentação. 

Agora, é verdade que: Deus é tão bom e amoroso que na tentação Ele está conosco e, mesmo se cairmos nela, Ele estará conosco para nos levantar.Deus não quer caiamos, porque, o pecado, uma vez concebido, gera morte; e cada um deles é uma morte da graça do Senhor, da virtude que deveríamos ter e nos coloca no caminho da morte, no sentido mais amplo que ela é. 

Por isso, o importante é compreender que a tentação não é pecado, mas sucumbir-se a ela é. 

Porém, podemos passar pelas tentações da vida, pois a vida terá várias delas.Nós podemos nos livrar de tantas tentações, porque, se somos maduros e nos conhecemos como deveríamos, vamos adquirindo habilidades. Não são habilidades humanas, e sim, de confiar na graça e entregar-se nas mãos de Deus; e não entregar-se às tentações.Conheçamos a nós mesmos, as inclinações que temos em nossos corações e, cuidemos, vigiemos, sejamos prudentes, porque a queda é sinal de que estamos vivendo as inclinações negativas e pecaminosas que há em nós.Não caímos quando confiamos na graça de Deus, que não nos deixa cair em tentação.

Deus abençoe você!
Padre Roger Araújo
Via CN

Voltar